segunda-feira, 13 de julho de 2009

Lula ataca on e off.

Por Mateus Martins, estudante de Relações Públicas da UFRGS


Ao visitar, dia 26 de junho, o 10º Fórum de Software Livre, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pronunciou a frase célebre: Estamos vivendo momento revolucionário da humanidade. A imprensa já não tem mais o poder que tinha alguns anos atrás. A informação já não é mais uma coisa seletiva, em que os detentores da informação podem dar golpe de Estado. A informação não é uma coisa privilegiada. O jornal da noite já está velho diante da internet.

Mas sabemos que Lula é admirado não somente pela sua capacidade de comunicação, mas também por ser um excelente estrategista, para tanto o presidente irá fortalecer a imagem de seu governo não apenas na internet, e sim nas duas plataformas: on e off. Ele utilizará dois canais para enviar suas mensagens à população, particularmente, aos brasileiros da chamada nova classe média: o Blog do Planalto e o O Presidente Responde. Duas ações, que deixaram e deixarão a equipe de comunicação à pleno vapor, com apenas uma estratégia: chegar ao brasileiro emergente da classe C que não se informa mais pela televisão, e sim, pela internet e pelos jornais populares.

OFF
No último dia 15, a Secretaria de Imprensa da Presidência da República abriu inscrições para os jornais interessados em publicar a coluna O Presidente Responde, por meio da qual Lula responderá sempre às terças-feiras, às perguntas encaminhadas por leitores aos veículos de comunicação. Para ter o direito de publicar três respostas de Lula a perguntas feitas por populares, que deverão indicar nome, endereço e profissão, devem tratar de temas relacionados às políticas do governo federal, considerando que o objetivo é ser um instrumento de prestação de contas à sociedade e o jornal deve assegurar espaço fixo e se comprometer com a publicação da colunas em suas edições. Na teoria os jornais deverão recolher perguntas de seus leitores e a seleção daquelas que serão respondidas pelo presidente será na prática feita pela equipe de imprensa do Palácio do Planalto, de acordo com seu interesse.

E semana passada, em 7 de julho, foi inaugurada a primeira coluna O Presidente Responte, em 94 jornais. As perguntas da primeira edição foram sobre 1. como serão aplicados os recursos para a Copa do Mundo, tendo em vista a sangria dos Jogos Pan Americanos, 2. questões técnicas do Programa Minha Casa, Minha Vida e uma sugestão ponderada pelo presidente de cadastro pela internet 3. as dificuldades de atendimento e o mau serviço prestado pelo SUS. As respostas foram sempre políticas, mas o interessante é o conhecido vocabulário popular e a escrita sempre na 1º pessoa do plural, como se não apenas respondesse a pergunta, mas falando às massas.

ON
Muito já havia se falado, mas o lançamento oficial do Blog do Planalto ocorreu em Porto Alegre durante o 10º Fórum Internacional Software Livre (Fisl). A ideia do blog faz parte de um projeto piloto do Núcleo de Relacionamento Digital e inclui o uso de novas mídias. O objetivo é dialogar com estas ferramentas web, que permitem uma comunicação direta com um público emergente que cresce e cada vez tem mais acesso à rede no Brasil. E que – formando-se e informando-se em boa dose pela internet, no caso dos mais jovens – serão os eleitores do futuro.

Pelas primeiras impressões, apresentadas por Nelson Breve, responsável pela Estratégia de Mídia Digital do Governo, parece que por enquanto o presidente Lula não mostrará seu lado blogueiro, pelo menos na acepção mais popularmente atribuída ao termo, visto que o que mais chamou atenção foi a ausência de textos em primeira pessoa e a funcionalidades de comentários. Os textos publicados são da assessoria de imprensa do Planalto e a presença de Lula se resume a fotos em quase todos posts. Em relação a ausência de comentários, Breve citou que eles podem ser inseridos com o tempo, mas ressaltou as limitações de pessoal com que trabalha a equipe responsável pelo blog, formada por cinco profissionais, um programador, um webdesigner, um redator, um repórter multimídia e um coordenador e o trabalhão que representaria abrir o canal de comentários. Mas um blog sem comentários é um blo? Segundo Daniel Pádua, responsável técnico pelo Blog do Planalto, que exemplificou a dificuldade comparando que a presidência recebe 5 mil e-mails por dia, respondidos por uma equipe de 50 pessoas, é sim, e afirmou que mesmo com ausência de textos em primeira pessoa e comentários a página criada pelo governo segue sendo um blog.

Tenho consciência que esse piloto está abaixo das expectativas da blogosfera, mas a comunicação de governo tem as suas limitações, resumiu Nelson Breve , também secretário de imprensa da Presidência da República (se o planalto tem dificuldade, imagina a gente, pobres mortais?), que não quis liberar imagens da página piloto que foi mostrada aos participantes da palestra, mas o pessoal da Baguete registrou a imagem do tamplate com uma foto, que pode ser conferida ao lado.

E inserido no projeto piloto do Núcleo de Relacionamento Digital está nos planos também a criação de uma conta no youtube e um acordo com o Google já foi fechado, a página deve estrear até o final de julho. Outra ferramenta que é do agrado do presidente é o microblog twitter, e um perfil oficial de Lula deve ser criado, tendo em vista o sucesso de um fake do Lula lançado em fevereiro, que em poucos minutos obteve 600 seguidores.

Vamos aguardar o lançamento, pois o que ainda falta é a equipe achar o tom ideal da linguagem e se familiarizar com a mídia, para disponibilizar informações com linguagem mais descontraída e informal.

12 comentários:

A Bordo 14 de julho de 2009 11:50  

Aprecio a atitude do Presidente, para manter um blog no ar. Foi assim que o Obama chegou onde está hoje. Contar com as mídias digitais é uma grande estratégia, mas ainda reprovo o blog por não ser aperto para comentários, tudo bem que a demanda dele é gigante, mas a partir do momento que se coloca um blog no ar, deve-se medir as consequências de mantê-lo nas espectativas do público.

Mano Delazeri 14 de julho de 2009 17:14  

a diferença dos comentários do blog para esse 5 mil emails respondidos todos os dias (que eu acho q é uma afirmação leviana), e que o primeiro ficaria a disposição de todos os leitores, ponto de partida para uma linha de debate, enquanto esses emails respondidos não

bom post Teteu, sem duvida esta cada vez mais se destacando pelas palavras do que qualquer outra forma

tenho orgulho de participar do ocappuccino.com com uma equipe tão competente

superdayse 14 de julho de 2009 17:44  

A iniciativa do blog e da coluna são bem interessantes, mas um tanto quanto polêmicas. O fato dos poucos comentários deve ser decorrente de um superfiltro que a assessoria colocou, o que, em tese, é antiético pois limita a liberdade de expressão...
Já o youtube do Lula... não sei, a mim parece meio forçado, uma tentativa sem sentido de "antecipar-se" na era digital.

max delazeri 14 de julho de 2009 18:09  

É complicado. Concordo que um blog sem comentarios não é exatamente um blog, mas se eu estivesse na pele desse profissiona de comunicação responsavem pelo blog não sei se conseguiria dormir a noite..

Ocappuccino 14 de julho de 2009 20:42  

Obrigado guris e gurias pelos comentários e hoje foi ao ar a segunda coluna do presidente responde, ai esta o link para quem interessar possa

http://www.opovo.com.br/opovo/colunas/opresidenteresponde/893219.html

fala basicamente sobre arrecadação de impostos, sera que agora vai ser tematica? a primeira não foi, foi geral, temos que acompanhar e ver

abraços,
Mateus d'Ocappuccino

Thayse Amorim 14 de julho de 2009 21:42  

Oi Mateus, adoro seus comentários. E achei bonitinho o seu "bah", rsss.

Maravilhosa a iniciativa da prefeitura da sua cidade, é muito válido. Acredito que só Educação e uma boa Comunicação pode dar um jeito nesse país. Estou tentando implantar a coleta seletiva aqui no meu condomínio também, mas é impressionante a falta de comprometimento das pessoas que podem fazer isso acontecer...uma pena.

Abração.

D.Ramírez 15 de julho de 2009 09:30  

De fato a imprensa hoje não tem a força que tinha antes, mas isso é totalmente explicavel no regime que vivemos hoje. Antes a força da imprensa se fazia por ser contra um regime. Regime esse que Lula faz em of.
Vivemos em uma ditadura enrustida. Oque passa é que ele é um bom estrategista e bom de oratória. O povo o adora. Esse esquema de publicação parece ter existido nos tempos de militares. Mas aguarde, o golpe ta vindo, ese não sai mais. Se sair, voltará com mais força depois, pois o estouro da bucha acontecerá agora, no próximo mandato.
Pena que nossa geração é fraca, abaixa a cabeça prá tudo, é da paz. Se não fosse, a imprensa teria força ainda.
Uma pena..

Abraços

Mano Delazeri 15 de julho de 2009 11:39  

concordo, um canal de comunicação direto com o Presidente, ou com as pessoal autorizadas para falar por ele, deveria ser mais explorado pela população

Emily Bianquini 15 de julho de 2009 11:42  

Olá!!
é o artigo da minha monografia...

abraços,
Emily

Ocappuccino 15 de julho de 2009 12:01  

Dr. Ramirez, o que acontece hoje na minha opinião é que cada um quer fazer a revolução dentro do quarto através da rede, as uniões e as revoltas são virtuais, na italia os blogs se revoltam e fazem um dia de silencio, um dia sem post contra uma votação de lei que quer instaurar algumas regras na blogosfera. Pra que sair a rua e protestar se do quarto é mais confortável? E me enquadro dentro deste cenário.

Bah Thayse, parabéns pela atitude.

Mano, esses canais são agora o blog e outras mídias virtuas e tambem a coluna semanal, tambem ja existe desde 2004 o canal com o presidente, mas todos estes meios serão muito editados e neste filtro irá se formar muito ruido, mas há um tempo conversei com uma profissional que faz parte da equipe de informação tecnica do planalto e ela disse que o lula faz tudo do jeito dele, se chegam com uma pauta para o café com o presidente e ele 'não gosta', ele improvisa na hora, claro que sempre mantendo o tom. Não sei se na coluna ou no blog sera assim tambem, no radio tambem tem edição,mas ele pode se expressar melhor, pois alem do texto tem a voz, a entonação, as entrelinhas, o que é dificil de perceber nas respostas nos jornais e nas postagens da equipe no blog.

Me alonguei demais

Abraços,
Mateus d'Ocappuccino

Conhecimento e Informação 20 de julho de 2009 14:06  

Adorei esta matéria... achei curioso o que você mencionou, que o Lula faz tudo do jeito dele...típico de um excelente porta-voz, prova que realmente podemos ter um olhar diferente para tudo que ouvimos e o que vemos....Incrível rsrs

Parabéns pela matéria
Abraços Sueli

Ocappuccino 24 de agosto de 2009 10:30  

Li hoje no FayerWayer Brasil (http://www.fayerwayer.com.br/2009/08/blog-do-presidente-lula-sera-lancado-ainda-neste-mes/):

Blog do presidente Lula será lançado ainda neste mês

Nunca na história deste país, um presidente publicou um blog. Mas nosso atual dirigente dará esse audacioso passo: Lula irá lançar o “Blog do Planalto”, buscando usar a tecnologia a seu favor (nos moldes do que Obama está fazendo nos EUA). Acho que este lançamento não faz parte das obras do PAC.

Como todo blogueiro, ele sabe que deve começar com um bom post para atrair visitantes, e a pauta já foi definida: seu diário online vai estrear com a regulamentação da exploração da camada pré-sal. O blog não terá as opiniões pessoais do presidente quanto a temas polêmicos (óbvio), será algo mais “formal”. Já foram escritos 200 posts trazendo relatos de viagens, reuniões e eventos, contendo imagens, áudio e vídeos. Imagino que seja como um “video-show” presidencial, mostrando os bastidores dos compromissos do Lula.

A previsão é que o “Blog do Planalto” vá ao ar em 31 de agosto, e para evitar opiniões que possam desencorajar o companheiro blogueiro Lula, inicialmente os comentários estarão desabilitados. Nada mais democrático que isso.

Mateus d'ocappuccino

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home