domingo, 1 de agosto de 2010

A long time ago. > #historiasrp

segunda-feira | 02 de agosto de 2010

Once upon a time é o inicio de milhares de contos de fadas ao redor do mudo e é o início da minha história com Ocappuccino. Como quem conta um conto aumenta um ponto vou contar o nosso, que pode soar um pouco estranha no início, mas no fim a gente vê que tudo se encaixa perfeitamente.

Era uma vez uma menina, raquítica (siiiim, já fui magricela) bobinha e novinha. Ela participava um grupo de jovens no Reino de Cachoeirinha, essa não era sua morada, o seu Reino era ao lado deste, em Gravataí, porém sem motivo aparente resolveu freqüentá-lo lá. Esse grupo era habitado por seres estranhos e alguns completamente idênticos, tanto que a única forma de reconhecê-los era pelo poncho que usavam, eram denominados os Max, assim mesmo, com o artigo, como em Ocappuccino. Com o passar do tempo, como não vivemos em Wonderland, crescemos e deixamos de ir ao grupo.

Já não fazíamos mais parte daquele mundinho de antes, comecei a cursar publicidade e propaganda na PUCRS, falar e escrever besteiras por aí. E já não sabia mais dos seres idênticos, a não ser pelos status no MSN, atualizações no Orkut ou pelos amigos em comum que ainda nutríamos daquela época.

Um belo dia, pela manhã, vejo minha janelinha piscando no Messenger, e para o meu espanto era um dos Max: o Max... Após uma conversa ele me convida pra escrever no Ocappuccino. Aí veio um dos meus maiores dilemas Oh! E agora quem poderá me ajudar, não, não... Dilema errado, Oh, será que darei conta (agora sim). Pedi um tempo pra pensar, até mesmo no que escrever, principalmente num site onde todos os colaboradores são Relações Públicas, e eu, uma Publicitária. O que mais me assustou passou a ser motivador, a única PP do grupo. Aceitei. O fruto é esse texto: Reinventando a publicidade digital.

Hoje, o saldo disso: Ótimas amizades, crescimento intelectual, meus horizontes cresceram e, sem dúvidas, uma redescoberta profissional. Conheci pessoas muito importantes no Ocappuccino, pessoas que além de excelentes profissionais, são excelentes pessoas. Que me fazem rir diariamente, pensar e formar opiniões. Algumas conheci pessoalmente, outras tornaram-se ótimos amigos virtuais

Não poderia deixar de falar da Belle, uma irmãzinha paulista, com mal gosto pra time, mas com excelente coração. E mais uma coisinha... PÔ ! Quando vamos nos conhecer! Hahahaha! Pouca vergonha estudarmos na mesma faculdade, termos os mesmos amigos e nunca termos trocado uma só palavra pessoalmente. Hehehe! Temos que marcar outra pizza Alana, uma que eu fique até o fim :)

E pra encerrar, essa tag aí... Preconceituosa... #historiaspp

Agora sim, melhorou.
_ _ _









* * * Este texto faz parte da #historiasrp.

5 comentários:

Rodrigo Cogo 2 de agosto de 2010 00:24  

Interessante esta percepção de que fazemos parte de tribos, e com isto podermos ou não comungar (que verbo horrível, mas vai lá...) de interesses com estas ou aquelas pessoas. Interessante também pensar que estas tribos podem ser temporárias (quase sempre o são, e não somente por envelhecimento do sujeito, e consequente amadurecimento), mas que alguns (re)encontros são inevitáveis. A existência parece que conspira para nos aproximar ou nos afastar de algumas pessoas e situações.

Sua história me produziu estas reflexões agora, mas não vou continuar nesta viagem sob pena de não terminar o comentário.

Ah, vale ainda dizer sobre a tag "preconceituosa" - #historiasrp, porque em tese excluiria os participantes com outras formações (ou quase-formações) universitárias: você tem toda a razão e, na minha parte da "culpa", peço desculpas. Mas cá pra nós: por que raios o Ministério da Educação, na década de 80, resolveu fatiar a Comunicação Social em habilitações? E por que, talvez pior ainda, desde então os estudantes das fatias não conseguem ver o bolo inteiro e ainda ficam falando mal dos ingredientes dos seus futuros colegas?

Como não se tem resposta pra tudo, muito menos resposta totalmente convincente ou unânime, resta tomar um cappuccino. E comer um bolo, claro.

P.S.: boa sorte pra ti na escolha que vocês, colaboradores O Cappuccino, farão sobre quem leva o livro de humanização nas organizações que o Mundo-RP disponibilizou nesta homenagem.

Alexandre 2 de agosto de 2010 10:13  

Amanda,

Parabéns pelo texto e pela história!
Mais uma publicitária, ou melhor uma comunicadora, de sucesso.

Cibele Silva 2 de agosto de 2010 13:37  

Ah, ela consegue falar mal do meu time até aqui, menina pentelha... hehe
Sorte que eu simpatizo com o seu time, pq se vc fosse gremista... aiai.. nem seria sua amiga.. hehehe

Enfim, adorei a citação de minha pessoa... hehe
=)

E tenho orgulho de vc, uma ótima PP.
^^

bjos,
Belle

Maria Alana 3 de agosto de 2010 12:54  

Amanda, também acho que temos que remarcar a pizzaria. Aliás, podemos fazer um roteiro gastronômico incluindo vários locais para a próxima vinda da Belle. O que tu acha? Hehehehe.

Beijão!!!

Criaty 5 de agosto de 2010 15:10  

Topo! Hahahahah! :)

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home