domingo, 15 de agosto de 2010

Saco Mágico, um case em construção.

segunda-feira | 16 de agosto de 2010

Muita gente que está lendo este post agora já sabe o que é ou já ouvir falar do Saco Mágico. Dá pra dizer que o Saco Mágico é um site de sorteios. Mas não é só isso. É muito mais do que isso. É um projeto totalmente novo e um pouco inédito. Na teoria seria um sorteio normal, mas ninguém faz ideia do que pode ganhar. Isso é bom? Está parecendo que sim! É fácil e instigante, e este são os dois fatores de sucesso do @sacomagico. Não sei pra vocês, mas pra mim este projeto é sensacional, não só pela ideia, mas pela proximidades das pessoas que estão à frente (todos gaúchos). Este post é fruto de uma troca de e-mails com um deles, o Fernando Freitas (um dos idealizadores de toda esta brincadeira), e tem o objetivo de contar um pouco de tudo que está acontecendo

Inovatrix
Clemente Nóbrega em Inovatrix fala sobre inovação e para falar de inovação ele cita um engenheiro russo que morava na União Soviética na década de 40: Altshuller. Este barba ruiva se preocupava, nesta época, em descobrir daonde vinha a critavidade, se tinha regra ou se era um insight de um gênio na hora do banho. Para descobrir, ele começou a estudar patentes de engenharia, de artefatos, de tecnologias, de máquinas, de processos. Com um grupo reduzido de ajudantes estudou mais de 200 mil patentes. Mais do que perceber que não há INOVAÇÃO ORIGINAL, ele percebeu que NÃO HÁ PROBLEMA ORIGINAL. Ou seja, um artefato sempre vem de outro que já exisita e com algum tipo de modificaçao. Altshuller, o engenheiro russo meio louco, estudou tanto estas patentes que chegou a catalogar 40 maneiras através das quais uma coisa ia dando em outra coisa. Ele chamou essas 40 maneiras de PRINCÍPIOS INVENTIVOS.

Tcharan! Bingo, expliquei tudo isso pra dizer que os 4 rapazes criadores do @sacomagico leram o livro e aplicaram a teoria. Não! Nada disso. Acho tenho certeza que nenhum deles leu Inovatrix, mas seguiram por intuição a cartilha direitinho por um simples motivo. Um dos 40 princípios inventivos do russo barba ruiva dizia: IR CONTRA AO QUE JÁ EXISTE. O que existe hoje? Promoções convencionais!!! Daquelas que pedem um cadastro looooooongo, leeeeeeento e complicado. Promoções longas que duram 2 meses (tempo suficiente até para se esquecer que está concorrendo). Prêmio previsíveis. Poucas chances de ganhar (muita gente participa e só um ganha). É obrigatório comprar algo e aí pedem para enviar um SMS ou um cupom para a caixa postal bla bla bla. Quem já não se frustou com estas promoções? No Saco Mágico é mais legal. São vinte dias, com vinte sorteios e com vinte prêmios surpresas.

Momento Felipe Neto
Você que está lendo este post agora sabe que nossa mente não foi criada para ser criativa, nosso cérebro é condicionado a fazer coisas repetidas e que tenham funções práticas: olha para os lados antes de atravessar a rua, não bota a mão no fogo. Isso é condicionamento. Não nascemos para ser criativos, nascemos para copiar. Mas isso não é só com você, é comigo e é com todos. Para ser criativo temos que desenvolver truques e ferramentas para tirar o cérebro da zona de conforto, da mediocridade. Tudo isso eu não inventi, está no livro do Clemente Nóbrega. E por isso que estes quatro caras são bons de verdade. Romperam essa barreira, sairam da mediocridade e criaram a promoção mais legal do mundo (reparem: a mais legal, não a melhor). Eles se inspiraram nas outras promos que rolam por aí e então fizeram tudo ao contrário. Os prêmios podem ser muito bons ou também meio duvidosos e aí que está uma grande parte da graça.

Pulga
O Saco Mágico é o primeiro projeto da Start-up PULGA. Uma empresa criada por estes 4 publicitários que abandonaram as agências de publicidade em busca de um ideal maior: desenvolver projetos de qualquer tipo (seja web, no mídia, vender cachorro quente na esquina) desde que gerem impacto na vida das pessoas e diversão para seus criadores. A PULGA é composta por Daniel Mattos, Rodrigo Nery e Fernando Freitas (todos ex-DCS) e Ricardo Dúllius (autor do viral Surf do Dilúvio).

O projeto @sacomagico não foi feito com a intenção de promover a PULGA. Ele foi feito para ser um projeto comercial que quer propor uma nova forma das marcas se promoverem na web. Uma forma mais divertida, honesta e menos intrusiva. O Fernando me falou por e-mail que este projeto pode acontecer diversas outras vezes, com outras marcas ou temas, mas sempre com um intervalo entre sí para não saturar a audiência.

Como brincar
Para participar é muito fácil. O usuário só precisa ter twitter, entrar no site e preencher a frase do dia e pronto. Já está concorrendo ao prêmio daquele dia. Todo dia tem uma frase diferente para a galera poder soltar a criatividade. E sem preocupação, porque a frase não é critério de seleção. Já foram realizados 12 sorteios que entregaram desde uma gaveta vazia, até uma viagem para qualquer lugar do Brasil, passando por 10kg de bala de goma e um Nintendo Wii.

Outro fator de sucesso é a presença de grandes marcas patrocinadoras. Nesta primeira edição, elas apoiam o projeto e entregam parte dos prêmios. Entre elas estão: Red Bull, Camiseteria, Fnac, Opanka, Perestroika, Potthoff Pratas e World Study. Os prêmios mais inusitados, como a gaveta vazia, são do próprio Saco Mágico. Além disso, as frases para completar são uma diversão à parte. Já foram propostas frases como: Antes do mundo acabar..., Escreveria atrás do meu caminhão..., Posaria pelado se..., Se eu pudesse dar uma ordem ao meu chefe..., entre outras.

O desenvolvimento do site
No início do texto eu escrevi sobre a facilidade como fator de sucesso do projeto e isso é fruto da simplicidade do site. Desde o começo, a preocupação foi fazer tudo visando a facilidade de uso. Não tem cadastro, nem login, nem explicações complicadas. Tem botões grandes e poucos elementos. O foco está no que importa, na partipação e no vídeo de explicação. Eles também queriam valorizar e mostrar o rosto dos vencedores, por isso há o grande destaque para o Hall da Fama. É ali que a marca realmente aparece de um jeito bacana, porque é ela quem está proporcionando aquela felicidade para o ganhador. Assim eles criam esta relação mais próxima e verdadeira da marca com o público.

O desenvovimento do site foi bastante simples já que ele não exige nenhuma tecnologia muito inovadora. Ele consegue ser inovador na proposta e não na estrutura. Para fazer a ligação com o twitter foi usada a própria API do Twitter, apenas com o acrécimo de um sistema de armazenamento e sorteio das participações que é feito dentro do próprio site.

Estratégia de divulgação
Vocês devem estar pensando que a estratégia de divulgação deles foi um sucesso, não é? É, mais ou menos. O que deu errado: Enviaram umas malas diretas para alguns blogueiros e pessoal de agências e isso mostrou-se completamente infrutífero. Não conseguiram absolutamente nenhuma repercussão como retorno. Exceto a troca de e-mails com Ocappuccino que resultou neste post :) O que deu muito certo: Apostaram na própria mecânica da ação pra fazer a divulgação. Trataram de dar o start ativando o social network, que basicamente são amigos e contatos que participam de redes sociais e que já começaram a participar logo de cara.

Um case em construção
Muito se fala da questão quantidade versus qualidade, mas não adianta, na verdade a quantidade é mesmo muito importante na hora de mensurar ações na internet. E o Saco Mágico é prova disso. Hoje já está no décimo terceiro dia do projeto, mas até o sétimo dia já era contabilizado:

  • 40.000 Visitas únicas no site
  • 60.000 Pageviews
  • 8.000 views no vídeo de apresentação
  • 1.600 seguidores no twitter
  • média de 1.400 participações por dia da promoção.
  • média de 2.30s de tempo do usuário no site.
Frase do dia #13
E a frase de hoje é Doce, doce, doce, a vida é... (vai lá, tem 93 caracteres para completar, a criatividade é o seu limite e o premio é a sua imaginação).
_ _ _

1 comentários:

Bruna Teixeira 16 de agosto de 2010 11:18  

Realmente, Mateus, esses caras tiveram uma ideia super inovadora e legal.

É uma forma diferente de promover as marcas. O que move as pessoas a participarem não são somente os prêmios que podem ganhar (que é o que normalmente acontece com as outras promoções). É um conjunto de fatores, a curiosidade em ver qual a frase do dia, a vontade de criar algo legal, enfim.

E essa sacada deles de criarem uma relação mais próxima e verdadeira da marca com a público é demais também. Além disso, se tu deres uma olhada no tweets do @sacomagico verás que eles não se importam em responder as perguntas dos participantes - o que também costuma ser uma problema em outras promoções.

Eles estão de parabéns!
Tiveram uma baita ideia!

E parabéns pelo post, Mateus. O Cappuccino sempre com informações muito legais!

Abraços,
Bruna Teixeira

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home