quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Relações Públicas Multimídia: um curso pioneiro no Brasil.

quinta-feira | 28 de outubro de 2010

Sabe o que é RPM? Se você respondeu que sim e lembrou daquele grupo musical de sucesso da década de 80, errou. RPM é a denominação afetuosa atribuída ao mais novo curso de Relações Públicas, criado pela Universidade Federal de Santa Maria/RS. Possui o M como complemento a RP devido ao seu diferencial: a ênfase Multimídia. O curso RP Multimídia iniciou suas atividades em 2009 e é ministrado no Centro de Educação Superior Norte/RS (CESNORS), que fica em Frederico Westphalen, interior do RS.

No processo evolutivo da sociedade é possível dizer que a tecnologia está presente em tudo. Desta forma, junto com a transição dos processos de comunicação para o digital, tem-se uma velocidade de envio e recebimento de informação muito alta. Surge, então, atendendo à demanda tecnológica e comunicativa das organizações contemporâneas, o curso @RPMUFSMCESNORS. O objetivo do Curso é formar um profissional capaz de trabalhar, não somente com os modelos tradicionais de comunicação, mas com todos os recursos tecnológicos disponíveis, criando novas abordagens e formatos para o desenvolvimento da atividade de Relações Públicas.

O curso com ênfase em Multimídia é pioneiro no país. E eu pertenço à primeira turma. Tais circunstâncias fazem com que eu e meus colegas possamos dar a cara inicial do Curso, construindo juntos sua identidade e reconhecimento. Dar a cara inicial literalmente. Podem perceber na foto ao lado que o campus ainda está em construção. Isso também simboliza a transformação que nos envolve. E estamos participando disso com muito entusiasmo, trabalho e dinamismo, já que no início do primeiro semestre de 2010 foi criada a Agência de Comunicação Integrada do Curso de Relações Públicas Multimídia (ACIRP), com o foco nas funções tradicionais de RP e na atualização destas diante das potencialidades digitais.

É através da ACIRP, instituída como um Programa de Extensão do Curso, que colocamos em prática o que aprendemos teoricamente, na sala de aula, em disciplinas básicas do curso e nas específicas para a ênfase como: Laboratório Multimídia, Comunicação Multimídia nas Organizações, Assessoria de Comunicação e Relações com a Mídia e Legislação e Éticas nas Relações Públicas e na Internet. Veja aqui os todos os conteúdos trabalhados no curso.

Porém nem tudo são flores. Encontramos desafios à nossa frente, um deles é a falta de referências bibliográficas específicas de Relações Públicas na ambiência digital. Recentemente foi lançado o e-book Relações Públicas Digitais, mas por tudo ser tão recente, há necessidade e demanda de mais publicações e reflexões científicas sobre a atuação de RP no ciberespaço. Mas quem irá construir esta referência são os estudantes de hoje e os profissionais de amanhã, porque somos nós os protagonistas desta evolução.

Por fim, tendo em vista que aqui na região não há nenhum curso de Relações Públicas e, sendo nós os precursores, somos os responsáveis por abrir as portas do mercado de trabalho em Frederico Westphalen e região. Porém, não nos limitando a este espaço fisíco, ja que o mundo digital nos possiblita estar em vários lugares sem ao menos levantar da cadeira! E é o pioneirismo que nos motiva e nos injeta mais adrenalina no nosso caminhar acadêmico em busca do espaço profissional.
_ _ _

13 comentários:

Juliana Menezes 28 de outubro de 2010 10:14  

Muito bom, com certeza as mídias digitais são desafios para os profissionais de RP e devem ser estudadas com a mesma importância das mídias off. Já que estamos numa cultura da convergências da mídas on e off.

Mas tenho uma dúvida: o curso é reconhecido pelo Conrerp? O aluno que forma pode registrar no Conselho?

A Lei que regulamenta a profissão não assegura estas hipóteses.

Juliana Menezes 28 de outubro de 2010 10:19  

desculpe pelos erros ortográficos. Escrevi muito rápido!

rsrsrs

Ivan Amorim 28 de outubro de 2010 10:40  

Muiiiiito legal.
Um curso que torna o RP que TEM de ser um profissional ligado em todas as áreas da comunicação, sendo também multimídia é excelente, boa sorte nesse curso, que certamente eu queria ter feito.
Parabéns!

Ivan Amorim 28 de outubro de 2010 10:41  

Realmente essencial para a formação do profissional!

Ocappuccino.com 28 de outubro de 2010 11:42  

Ju. Acredito que quem reconheça e valide os cursos é o MEC. O Conferp e Conrerps servem para fiscalizar a atuação do profissional Mas não tenho essa informação. Vou em busca dela.

Mateus
@ocappuccino

Juliana Menezes 28 de outubro de 2010 11:53  

Mateus.O Conrerp e Conferp, penso eu, têm o poder de afirmar se o profissional que formar neste curso será reconhecido como um profissional de Relações Públicas e se este poderá registrar no conselho e exercer a profissão.

Você não lembra das discussões em torno do curso de 'Comunicação Organizacional' da UNB? Era um curso com a mesma grade curricular de Relações Públicas, porém com outra nomenclatura. Dessa forma, o Conrerp deliberou que os alunos egressos não poderiam se registrar no sistema Conferp e estariam impedidos de exercer a profissão, já que esta era um campo de ação privativo do profissional de Relações Públicas.

Neste link tem a carta do Conselho ao Reitor da UNB http://migre.me/1PszN

Algum conselheiro poderia tirar nossa dúvida, né?!

Ocappuccino.com 28 de outubro de 2010 13:03  

Isso sim Ju. Mas acredito que o Conferp não reconheceu os alunos formados naquele curso, pois não eram reconhecidos pelo MEC talvez, ou não? Esta dúvida só alguém dos Conselhos poderia tirar mesmo.

Olha, aqui a resposta do Prof. MS José Antonio Meira da Rocha sobre tua dúvida pontual sobre o curso de RPM > http://twitpic.com/31lkqm

Abs
Mateus
@ocappuccino

Evandro Caletti 28 de outubro de 2010 14:00  

Acho ótima a idéia e iniciativa, muitos cursos pecam em não oferecer disciplinas ligadas à tecnologia. Porém a grade curricular parece não ter ênfase em Multimídia, mas sim ser completamente focada em multimídia. Senti falta de outros projetos experimentais (como empresarial), além, é claro, das teorias políticas e econômicas. De qualquer forma minha opinião está embasada apenas na grade curricular.
Mas será que esses conteúdos não interferem na formação?

Ocappuccino.com 28 de outubro de 2010 15:01  

Concordo Evandro. A formação para ser completa precisa abranger todas estes que citou. Mas na grade há por exemplo Administração Mercadológica que deve tratar da área econômica. Faltou abordar a parte política mesmo. Achei legal a cadeira Psicologia Social e da Comunicação. É um tema essencial e na UFRGS por exemplo só oferecem em cadeiras eletivas. O problema é que 4 anos parece pouco tempo para ver tanta coisa, não acha?

Mateus
@ocappuccino

Miguel 28 de outubro de 2010 19:27  

Olá. Também sou acadêmico do curso de Comunicação, habilitação em Relações Públicas, ênfase em Multimídia, um curso de RP como todos os outros. Acredito que 4 anos parece pouco para tudo o que poderíamos aprender em sala de aula (ou em estágios, oficinas de trabalho, etc...). Isso não nos impede de continuarmos a aprender, como todo ser humano deveria fazer, não é verdade?
Gostei muito do site e de todos os comentários. As críticas são válidas e a seriedade de quem é o responsável pelo site, em manter contato com o coordenador do curso em questão, para esclarecer dúvidas, é fantástica. Parabéns.

Candida 28 de outubro de 2010 20:13  

Com certeza quatro anos não é tempo o suficiente nem para o RPM nem para uma graduação sem nenhuma ênfase. O interesse do aluno é o que sempre faz o diferencial, o que importa é não se contentar com o que nos é passado em sala de aula, mas sim buscar aperfeiçoamento além da academia! Obrigado pelos comentários!

Ocappuccino.com 28 de outubro de 2010 20:13  

Oi Miguel. Feliz pela tua visita. E orgulhoso pelos elogios. És aluno deste curso de RPM da CESNORS?

Abs
Mateus
@ocappuccino

Mônica Pieniz 28 de outubro de 2010 23:37  

Adorei o conteúdo deste post. Acho extremamente importante um curso de RP no interior do Estado e toda a ousadia dos alunos e professores. Parabenizo a todos na CESNORS! Agora também temos o curso de RP com ênfase em Produção Cultural, na Unipampa em São Borja. Novas frentes de atuação para os profissionais. E o diálogo entre todos estes profissionais é bárbaro!

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home