segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Cadê a empresa que fez sucesso ontem?

segunda-feira | 11 de outubro de 2010

Estratégia: envolver o máximo possível de pessoas para uma promoção da marca X pelo Twitter e Facebook.

  • E depois?
  • Depois o que?
  • Quando a promoção acabar.
  • Deixamos tudo como está para que todos vejam o sucesso que foi a campanha.
  • Mas porque as pessoas vão continuar seguindo se não postamos mais nada?
  • Ah, não sei, mas deletar não podemos. Então deixa por lá mesmo.

Este não é um diálogo real, ou até pode ter existido, mas não com estas palavras. Você certamente já viu e passou a acompanhar empresas que tinham como objetivo promover uma campanha.

É fácil reconhecer quando isso ocorre: os backgrounds são personalizados, falam insistentemente sobre benefícios e mandam o link para participação freneticamente. Lembrou de alguma? Dica: têm de carro, eventos a chocolate. Fácil de lembrar não é?

De fato, muitas vezes se obtém o resultado estimado, seja volume de RT’s ou inscrições, por exemplo. Todos passam a ter conhecimento daquilo, vai parar no Trendig Topics. Mas e depois? O perfil morre com a ação? Até onde é válido abandoná-lo quando encerra? Como ficam os mais de mil seguidores que teoricamente seguem porque se interessam pela marca?

Bem provável que se esse trabalho tivesse continuidade as pessoas iriam continuar acompanhando. Ou seja, não deixariam de seguir porque a promoção terminou. É uma estratégia a se pensar, em vez de uma criar várias páginas para cada ação, crie uma e tenha um grupo de pessoas interessadas em todos os seus produtos e serviços.

Claro que não é uma regra. Depende muito das divisões, políticas e estratégias de cada organização. Mas se tratando de atividades de cunho promocional não há problema algum de incluí-la no institucional que já existe (ou criá-lo caso ainda não exista), para que assim possa ser realizado um trabalho de relacionamento e até mesmo de feedback do que foi feito.

Agora, se você lembrou que provavelmente segue vários casos assim e nem se lembra mais quais são, essa ferramenta pode te ajudar: Twerpscan. Com ele você pode ver quais seguidores do seu Twitter não falaram mais nada e provavelmente vá encontrar algumas marcas nesta lista.
_ _ _

3 comentários:

Cinara Moura 11 de outubro de 2010 13:50  

Gostei da reflexão, Fer!
É para isso que a gente trabalha, para valorizar o ganho de imagem que as ações promocionais podem trazer, pensando o contexto como um processo. E esse processo, como salienta teu texto, inclui um pós-ação.

Abração!
@mouracinara

Maíra 13 de outubro de 2010 12:21  

Gostei muito do post, Fernanda!

Isso serve de alerta às empresas especializadas em promoções, mas que somem depois delas...

Tomara que, depois das eleições, não viremos a postar: "Cadê o político que foi eleito ontem?"

Abração!

Maíra Masiero

Felipe Martins Greiner 24 de outubro de 2010 21:29  

Sem dúvida alguma, muitas pessoas seguem algumas organizações (principalmente empresas) para participar das campanhas. Com o término da campanha, dão "unfollow". É nesse sentido, creio eu, que o profissional de RP deve atuar. É preciso ter um relacionamento estreito e duradouro com seus seguidores (clientes), não só em época de campanhas! ;)

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home