sexta-feira, 4 de junho de 2010

A Estratégia do Oceano Azul em 123 caracteres [parte 2].

sexta-feira | 4 de junho de 2010

Se no twitter é moda resumir livros em 140 caratecteres, então estes 123 resumem tudo o que pode ser lido nas 268 páginas escritas por Chan Kim e Renée Mauborgne: é o conjunto de decisões e ações gerenciais que resultam em importantes produtos e serviços capazes de criar novos mercados. Seria ótimo se pudéssemos mesmo explicar o livro nestes poucos caracteres, mas não é tão fácil assim. Por isso dividimos um texto em duas partes para tentar abordar os principais conceitos da obra. No início de maio postamos a [parte 1] e agora a [parte 2]. Confira abaixo:

Oceano azul: vale a pena o esforço?
Dá pra perceber que o processo para criar um oceano azul não é nada fácil. Muito pelo contrário, exige muita estratégia, muito esforço, muitas mudanças, tanto na política interna da empresa quanto na mentalidade de todos seus gestores e funcionários. Algumas organizações acreditam que não irá valer à pena, preferem tentar superar os concorrentes que estão no seu oceano vermelho. Entretanto, o livro mostra dados e exemplos que deixam claros que grande parte das empresas que criam oceanos azuis pensando estrategicamente, obtém sucesso e lucram muito, em tempo relativamente curto. Por exemplo o circo de Soleil, os relógios Swatch, os carros Ford, o vinho Yellow Tail. Mas claro, nem tudo são flores!

Nem tudo são flores

Depois que alguma empresa cria um oceano azul, é natural que surjam outras imitadoras. Por isso mesmo no capítulo 9 conhecemos algumas barreiras à imitação. Citamos aqui as três principais: 1. os monopólios naturais impedem a imitação 2. geralmente o tamanho do mercado não comporta mais um participante/concorrente 3. as empresas que inovam em valor promovem vibração com a marca e conquistam clientes leais, que tendem a rejeitar imitadores. Mas se você seguir à regra os ensinamentos do livro, não irá se preocupar com os imitadores. No início do post, na 3º linha, está escrito que o Fator OCEANO AZUL são os Movimentos Estratégicos, lembra? Esta é a regra principal, ou seja, uma vez criado um oceano azul é preciso continuar se reinventando e se renovando, pois o mercado não é, e nunca será, estático.

A renovação: quando inovar em valor de novo?
Para saber quando inovar novamente, é preciso monitorar as curvas de valor. Curva de valor? O que é isso? É outro termo usado no livro. Na verdade está curva é o resultado de um gráfico gerado pela matriz de valor das 4 ações: reduzir, elevar, eliminar, criar. Na prática este desenho da curva de valor produz três resultados: 1. mostra o perfil estratégico do setor 2. revela o perfil estratégico dos concorrentes 3. traça o perfil estratégico da empresa. O monitoramento das curvas é importante porque sinaliza quando inovar, fazendo soar o alarme de que chegou a hora de desbravar um novo oceano azul, no momento em que a curva de valor da sua empresa começa a ficar parecida com as dos concorrentes.

#ficadica
A
s empresas devem sim buscar oceanos azuis e oferecer inovação de valor aos consumidores. Uma vez pioneira no setor, a empresa sempre será lembrada, e provavelmente durante muitos anos terá monopólio no ramo, além de seu lucro ser extremo. Se outras imitarem, não dá pra desistir. Tem que continuar buscando novos oceanos azuis. Como buscar vocês já sabem, são duas as dicas: 1. monitorar as curvas de valor 2. promover sempre movimentos estratégicos. Desse modo, a empresa estará sempre em destaque no setor e nunca deixará de ter clientes fiéis, fator decisivo neste mercado competitivo de oceanos vermelhos.

_ _ _

3 comentários:

Tiago 5 de junho de 2010 11:08  

A capacidade de vislumbrar novos mercados deve ser uma constante onde encontramos as claras as oportunidades q apareçam.. =)

Ocappuccino.com 5 de junho de 2010 13:14  

Isso mesmo Tiago. Sabemos que no país há um grande índice de empreendedorismo por 'necessidade' e pouco por 'oportunidade'. Mas no cenário ideal, É justamente o oposto disso que deve ser buscado. Para desbravar um oceano azul deve haver muita pesquisa, muita observação do mercado, concorrentes, consumidores, produtos.

Abraço
MATEUS

Sergio Pin Tor 8 de julho de 2013 10:54  

Prezados Senhores

Solicito conhecer e divulgar o tema "Estratégias Oceano Azul aplicados em projetos de engenharia".

Apresento projeto de automação ferroviária e de energia solar com motogerador stirling

Material está disponível no site:

http://sptorgg.wix.com/mooc-ped

Atenciosamente

Prof. Sérgio Pin Tor

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home