sexta-feira, 6 de novembro de 2009

PROMOÇÃO: Como as redes sociais vêm interferindo na Opinião Pública?

Fim da Promoção!
O vencedor foi @jorgeclima. O ganhador deve entrar em contato pelo e-mail contato@ocappuccino.com para combinar o envio do livro. Muito obrigado aos 14 que participaram!
Explicações de como o sorteio foi feito no final do post.



P
or Equipe Ocappuccino.com


No dia 16 de outubro postamos uma entrevista com a professora Simone Antoniaci Tuzzo, autora do livro Deslumbramento Coletivo - Opinião Pública, Mídia e Universidade. O livro discute questões como: O que é e como se forma a opinião pública? Qual a relação entre o público e as mensagens veiculadas pela mídia na formação da opinião pública? Existe de fato uma opinião pública? Será a opinião pública a opinião de públicos específicos? Qual o papel da universidade na formação da opinião pública? Nessa perspectiva, a obra apresenta uma revisão dos estudos existentes sobre opinião pública e suas correlações, trazendo confrontos e congruências de ideias de renomados autores que tratam do assunto.

A professora e autora Simone Antoniaci Tuzzo além de nos conceder a entrevista, ainda nos presenteou com um exemplar de seu livro e por isso hoje lançamos a PROMOÇÃO Como as redes sociais vêm interferindo na Opinião Pública? para justamente propor uma discussão sobre o tema e para presentear um dos participantes com um exemplar do livro. Pois, se formadores de opinião são aqueles que têm a oportunidade de expressar publicamente o seu ponto de vista. Agora, com a possibilidade das redes sociais e a democratizaçao do acesso à internet, precisaríamos rever a questão da opinião pública.

Então, o que você pensa sobre o assunto?

Para facilitar a vida de quem estiver disposto a participar e afim de ganhar o livro disponibilizamos três canais:

1. aqui nos comentários no post da PROMOÇÃO
2. pelo e-mail promocao@ocappuccino.com
3. pelo twitter @ocappuccino

É simples participar e concorrer ao livro, basta enviar sua resposta, com a opinião sobre o tema, atráves de um destes canais e torcer, pois o livro será sorteado, entre os participantes da PROMOÇÃO, atráves do site Randon.org.

As respostas serão aceitas até às 23h59min do dia 23 de novembro (segunda-feira) e há apenas um requisito: que a resposta tenha apenas 140 caracteres.

Participe e boa sorte!


Tivemos 14 inscritos, cada inscrito ganhou um número (referente à
data de envio de sua opinião; primeira opinião enviada = número 1, segunda opinião enviada = número 2, etc) E o sorteio foi feito pelo site Random.org. Abaixo as 14 opiniões que participaram da Promoção:

1. @carolterra
Os usuários + ativos das redes sociais são os novos filtros da informação que chega à opinião pública, são os novos mediadores

2. @jopp_
A opinião pública tomou seu sentido correto, com a ação das redes sociais, agora existe um coletivo de opiniões públicadas
.

3. @robsonrp
A informação está c/ o usuário, é o público falando para o público sobre suas reais experiências com as empresas, 1 real imagem.

4. @brunolanziotti
Redes sociais trazem conforto até na hora de formular a própria opinião, pois basta copiá-la de alguém. Os formadores de opinião agradecem.

5. @LeonelDavila
Subvertendo a lógica do poder econômico que, antes da Internet, determinava os debates engendrados pelos meios de comunicação.


6. @fofscarlesso
Interferem sim, as redes sociais estão criando uma nova opinião pública.


7. @Moouraa
As redes socias interferem na OP pois dão às pessoas liberdade de falar o que pensam e formar grupos de opinioes na sociedade.

8. @jorgeclima
Modificando a estrutura e formas de elaboração do pensamento, uma nova forma de agir socialmente.

9. @rprodrigo
Redes sociais alteram a centralidade do poder de emissão e flexibilizam as fontes de opinião tidas como críveis.


10. Pablo Boaventura

Promovem 1 sentido coletivo na circulação d informações e debates, descontruindo a hierarquia 1-todos, como acontece na comunicação massiva.

11. Caroline Acosta
Acredito que este novo modelo de "comunicar" chega para estreitar as relações do anonimato com o mundo.


12. Kelly Fusteros do @blogabordo

As pessoas tem acesso a mais informações pelas redes sociais e acabam construindo um posicionamento crítico.


13. Adriane Filenga da @AgComuniC
As redes sociais são uma forma das pessoas manifestarem suas opiniões podendo criar discussões e conteúdo
.

14. Jéssica de Cássia Rossi

Redes sociais expressam opiniões d sujeitos d inúmeras práticas sociais, trazendo à tona discussões sociais q influenciam a opinião pública.

9 comentários:

Carol Terra 6 de novembro de 2009 13:15  

Excelente iniciativa. Acabei de postar, via twitter, a minha opinião! Abraços, Carol Terra

Leo Bragança 6 de novembro de 2009 13:18  

Acredito que está mudando como nunca antes, pois agora temos a oportunidade da livre expressão e da busca fácil por essas informações. É muito mais fácil hoje não ser enganado por uma promoção, por uma empresa, por uma falsa promessa, pois o google e as redes estão aí para tirar a limpo essas informações e nos orientar. Darei três exemplos:

1. Gostei demais do novo tratamento editorial da revista Galileu, estava pensando em assinar, mas vejo que a @baunilha, mais de 10k seguidores no Twitter, reclamou outro dia que assinou e nunca recebeu nada. Ela obviamente me influenciou a não perder meu tempo e não assinar.

2. Estou buscando um livro muito raro, e achei num site duvidoso, ainda que pelo BuscaPé. Buscando sobre o site no Google, descubro redes e fóruns onde as pessoas dizem que foram enganadas por essa empresa e nunca receberam nada.

3. Caso parecido, com um fornecedor de canecas que quase contratei. Era o melhor preço e virtualmente a forma mais fácil de pagar/fechar negócio. A reclamação pelo Google era a mesma: Fóruns inteiros só para falar mal deste fornecedor, que não entrega, não responde email, não tem telefone de contato e não devolve dinheiro.

Buscar por informações sobre uma marca em mídias ou redes sociais pode nos ajudar e muito a não nos aborrecermos por aí tão facilmente. Muito boa a proposta de discussão da professora Simone. Abraço

Rodrigo Cogo 6 de novembro de 2009 13:49  

Mateus, consegue pra mim um e-mail direto da autora? Quero fazer constar este livro entre as dicas de dezembro do boletim RP em Ação. Obrigado desde já pela intermediação.

bruh f. 6 de novembro de 2009 14:22  

Rodrigo, o eil da professora Simone é simonetuzzo@hotmail.com.


Abraços.
Bruna Franco.

Ocappuccino.com 7 de novembro de 2009 01:31  

Leo. Realmente já li bastante sobre está influência dos usuários no comércio na rede e vai ao encontro das situações que vivenciou. Sempre buscamos alguma referência. Neste relatório http://www.tobeguarany.com/internet_no_brasil.php pode ler que: 'Antes de comprar, 90% dos consumidores ouvem sugestões de pessoas conhecidas, enquanto 70% confiam em opiniões expressas online'.

MATEUS

RP Interativo 7 de novembro de 2009 09:35  

É bastante válida essa discussão, pois as redes sociais tem feito parte do dia a dia das pessoas.
Abraços,
RP Interativo.

Anônimo 9 de novembro de 2009 22:11  

Olá,

Fui aluno da profª. Simone em Sergipe. Ela é inigualável!!!!!

Bom, minha resposta à pergunta como as redes socias vêm interferindo na opinião pública é:

"Elas promovem um sentido coletivo na circulação de informações e debates, descontruindo a hierarquia um-todos, como acontece na comunicação massiva".

Parabéns pelo blog!

Abs.

Pablo Boaventura
Relações Públicas

A Bordo 13 de novembro de 2009 22:31  

Dessa eu vou participar também!

"As pessoas tem acesso a mais informações pelas redes sociais e acabam construindo um posicionamento crítico".

Abraços,
Kelly Fusteros

Agência ComuniC 13 de novembro de 2009 22:46  

Segue minha opinião.

"As redes sociais são uma forma das pessoas manifestarem suas opiniões podendo criar discussões e conteúdo"

Adriane Filenga

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home