segunda-feira, 23 de novembro de 2009

As Novas Waves da Google.

Por Amanda Barrin, estudante de Publicidade e Propaganda da PUCRS

Quando comecei a idealizar esse post pensei em falar sobre as possibilidades do Google Wave, poder integrar em uma só ferramenta todos aplicativos da Google. Entretanto são tantas novidades acontecendo com a toda poderosa da internet que alguns projetos merecem sem comentados até para que fiquemos por dentro do que a mais poderosa da internet nos promete.

Eis um videozinho (ative a legenda em português) sobre a história da Google e fatos marcantes nesse 11 anos.


WAVE
A nova ferramenta promete ser a mais poderosa da empresa, mas atualmente o Wave é tão complicado que nem da vontade de descobrir inúmeras possibilidades uma vez que ela é um misto de e-mail, rede de relacionamentos e buscador. Em tempos que a velocidade e a praticidade são fundamentais para se disseminar informação, o Wave vem na contramão, pelo menos é o que se percebe em sua versão preview. Até por ser uma versão crua, suas funcionalidades são muito complicadas. O projeto é como um diamante bruto a ser lapidado, será muito mais atrativo quando for mais simples.

Fora os contratempos, a proposta do Google Wave é incrívelmente útil, essa ideia de all-in-one é bastante atrativa, uma vez que hoje o nosso tempo é precioso e gastamos boa parte desse tempo gerenciando nossos eus virtuais, sejam eles no Orkut, My Space, Twitter, Facebook e genéricos. Por exemplo, Pode ser criar uma enquete com auxilio do maps, para se localizar. Imagine, todo mundo marcando no mapa onde estará, torna-se muito mais fácil encontrar as pessoas e encontrar caminhos, tudo na mesma wave. Resumindo, a palavra integração diz muito sobre o que o Wave pretende ser.

NOVO ORKUT
Impulsionada pelo crescimento do Facebook no Brasil, a Google lançou o novo Orkut, que nada mais é que o Orkut antigo com um novo layout, e algumas, poucas, novas funcionalidades. Retomaram o sistema de convites, gerando um grande buzz. Criaram um usuário personagem para ser a ponte entre a Google e os usuários da rede de relacionamentos, Danilo Miedi. Esse personagem é o responsável pela disseminação das novidades e dos convites. A estratégia de comunicação deu certo, era aparecer o grande “O”do Orkut no perfil, simbolizando que estavam usando a nova versão, que choviam pedidos de convite. Uma coisa que me incomodou bastante, um erro de comunicação imperdoável e inexplicável de uma empresa do porte da Google, que deixou muitos usuários descontentes, foi que na imprensa foi divulgado que o “O” apareceria nos perfis de quem tivesse convites para distribuir, que não foi verdade, o símbolo aparecia em todos os perfis que estava utilizando a ferramenta com nova roupagem. Gerou mal estar entre usuários que por muitas vezes passaram por mentirosos diante de seu amigos. Uma falha de comunicação dessas gera um grande comentário negativo, que nunca é bom já que no comportamento organizacional o falem mal, mas falem de mim não cabe.

Nada original o novo Orkut deixou de ser simples e ficou muito desorganizado. Como foi divulgado, tudo está na pagina inicial, difícil é descobrir onde. O aplicativo de fotos e vídeos tiveram significativa melhora, com mais agilidade, menos bugs e mais organização. A barra de status do usuário pode ser comentada, como no Facebook, aliás o Orkut virou uma cópia do Facebook.

CHROME OS
Os pilheiros de planão já estão dizendo que o OS da Google é a grande batalha com a a Microsoft, mas o que eles não esperavam é que essa não é a intensão da Google, pelo menos por enquanto. O Sistema Operacional da Google na verdade é um grande navegador de internet. Implantado somente em netbooks, o Chrome OS não permite a instalação de programas, sendo que a proposta é que se use programas online. E antes que se pergunte e o que farei quando não tiver conexão disponível a Google garante que os aplicativos disponibilizarão versões offline. A Google deixou claro que não vê o netbook como único computador do usuário, dizendo que esses usuários geralmente tem uma maquina mais poderosa em casa. Outro ponto forte sobre o OS é a segurança, a Google garante que o Chrome tem uma forte segurança até contra ele mesmo, não permitindo que se infiltrem no sistema. Agora é esperar pra ver. Aí um videozinho explicando melhor o OS, a legenda está em espanhol, mas vale a pena assistir.

7 comentários:

RP Interativo 23 de novembro de 2009 13:06  

Muito interessante o tema a forma como foi abordado. Tirei algumas duvidas que pairavam minha mente.

Parabéns.

RP Interativo

Guilherme Freitas 23 de novembro de 2009 14:10  

Bacana este post. Sobre o novo orkut estou fora. Já não gosto do orkut original e não vou aderir a este novo. Assim como o msn, que na minha opinião ficou horrível, prefiro ficar fora dessas atualizações. Abraços.

Teteu 23 de novembro de 2009 20:59  

Destes só utilizo o novo orkut. Que parece não ter muita diferença. E hoje meu colega de estágio, RP também, veio cheio de vontade me contar que o orkut tinha mudado final de semana. Acho que vivemos num mundo a parte, nas redes sociais hehehe

Criaty 23 de novembro de 2009 21:06  

Eu ando meio ante-social e extremamente crítica quanto a essas mudanças, que muitas vezes vem para chamar a atenção e não realmente para trazer melhorias...

Marilene Alves / Bruna Rafaela 24 de novembro de 2009 21:32  

Olá, muito importante as informações do texto, principalmente para nós profissionais da comuncação,precisamos está sempre atentos quanto as transformações que acontecem em nosso ambientee preparados para inovar sempre!

Abs. marilene e Bruna

Gustavo 27 de novembro de 2009 15:58  

Interessante ver como o ser-humano reage à mudança.

O Facebook já mudou a cara algumas vezes e todo mundo reclamou, de início. É só passar um tempo as pessoas se acostumam novamente com a interface...

A mudança no orkut parece apenas estética e isso tem muito a ver com usabilidade. O que parece mesmo é que eles estão copiando as inovações do Facebook, mas existe muito trabalho pra tornar o sistema mais dinâmico e capaz de competir com outras redes. Podem ter certeza que tudo isso tem uma finalidade estratégica e não apenas estética.

O Google Wave vai ainda além, porque não é apenas uma novidade, é uma mudança de paradigma na dinâmica da comunicação online. Naturalmente, essas ferramentas levam algum tempo para decolar, mas não acredito que será diferente, é uma grande idéia. Os usuários moldarão o uso do Wave, assim como fizeram com o Twitter e tudo o que veio antes.

Ele pode se tornar um pouco mais fácil na utilização das funcionalidades, mas usuários básicos nunca tirarão tanto proveito como os avançados, depende do segmento e necessidade. Olhe para uma planilha de Excel e pense que poucas pessoas sabem o que é uma tabela dinâmica, filtros, macros, pivot table ou mesmo simples fórmulas.

Melhor (falando de Google), pense que muitas pessoas não se acostumam com o tipo de agregação de mensagens feita pelo Gmail, ainda que seja muito mais intuitiva, na minha opinião.

Podemos pensar, também, que já existem inúmeras ferramentas de colaboração na internet... mas poucas pessoas utilizam e quem precisa mesmo é que vai atrás.

Já o Chrome OS deve invadir muito mais do que netbooks, na tendência da cloud computing... mas talvez tenha dificuldade de penetração em mercados com escassa oferta de banda larga ou banda larga de baixa qualidade.

Faz mais de dez anos que eu ouvi a primeira referência ao formato de cloud computing e SaaS, mas só agora é que isso está chegando ao vocabulário popular. Acredite, isso vai acontecer, ainda que lentamente.

Ocappuccino.com 27 de novembro de 2009 16:46  

Pessoal. Obrigado a todos pelos comentários. As afirmaçãoes do Gustavo com certeza enriquecem o assunto e é isso que esperamos com a participação nos comentários.

MATEUS

Related Posts with Thumbnails

RPs blogs e blogueiros

Outros blogs e blogueiros

  © Ocappuccino.com :: Desde junho de 2008 - Porto Alegre - RS - Brasil | contato@ocappuccino.com | @ocappuccino |

Home